Santa Cruz larga na frente, mas arbitragem impede vitória coral

Esportes

Santa Cruz larga na frente, mas arbitragem impede vitória coral

Santa Cruz larga na frente, mas arbitragem impede vitória coral

O Santa Cruz voltou a ser superior ao seu adversário, na tarde deste sábado, em Pelotas/RS.

Mas isso não foi suficiente para garantir a vitória. Desta vez, a equipe coral esbarrou na arbitragem da partida.

O Tricolor saiu na frente do placar, no Estádio Bento Freitas, mas sofreu o empate, já na reta final do segundo tempo, após um pênalti mal marcado.

O Santa retorna aos gramados no próximo sábado, no Arruda, para enfrentar o Luverdense, em mais um confronto direto na tabela da Série B.

Na partida deste sábado, no Rio Grande do Sul, a equipe coral teve que superar o desfalque de alguns de seus principais atletas. João Paulo, Thiago Primão, Bruno Paulo e Natan não puderam atuar, por suspensões e lesões.

Sendo assim, duas grandes novidades surgiram na equipe: a entrada de João Ananias, deixando o time com três volantes; e a estreia de Jeremias, meia da base, que ficou mais avançado e responsável pela criação.

Com o meio de campo mais povoado e com maior poder de marcação, o Santa Cruz batalhou bastante dentro de campo. Lutou por cada bola. Em compensação, o Tricolor não conseguiu criar muitas oportunidades.

O importante foi o aproveitamento nas finalizações. Na primeira chegada perigosa, o Santa marcou. Ricardo Bueno fez boa jogada individual, puxou o contra-ataque e cruzou na área. João Ananias dominou com felicidade e chutou no cantinho. 1×0.

A partir daí, o Santa Cruz cresceu no jogo e passou a dar ainda menos oportunidades para o Brasil de Pelotas. O jogo estava completamente controlado, até os 28 minutos do segundo tempo, quando a arbitragem errou grosseiramente ao marcar um pênalti inexistente a favor do adversário. Marlon cobrou e decretou o empate.

Depois da igualdade, o Tricolor teve o seu melhor momento na partida. A equipe coral se lançou ao ataque, pressionou bastante e fez por merecer mais um gol no confronto. A rede defendida pelo Brasil, no entanto, não balançou. Placar final de 1×1.

FICHA TÉCNICA

Campeonato Brasileiro Série B – 31ª rodada

Data: 21/10/2017
Horário: 16h30
Local: Estádio Bento Freitas, em Pelotas/RS
Árbitro: Marcos Mateus Pereira (MS)
Auxiliares: Leandro dos Santos Ruberdo (MS) e Daiane Caroline Muniz dos Santos (MS)

BRASIL DE PELOTAS

Marcelo Pitol; Éder Sciola, Evaldo, Leandro Camilo e Marlon; João Afonso, Nem e Calyson (Rafinha); Elias (Misael), Marcinho e Lincom (Juninho). Técnico: Clemer

Gol: Marlon
Cartões Amarelos: João Afonso, Éder Sciola, Nem, Evaldo

SANTA CRUZ

Julio Cesar; Nininho, Anderson Salles, Guilherme Mattis e Yuri; Wellington Cézar, João Ananias, Derley e Jeremias (William Barbio); Ricardo Bueno (Halef Pitbull) e Grafite (André Luis). Técnico: Marcelo Martelotte

Gol: João Ananias
Cartões Amarelos: Guilherme Mattis, Derley, Yuri, Nininho

Editor

outubro 23rd, 2017

No comments

Comments are closed.