Com ajuda de vaca, polícia soluciona crime na Bahia

Homicídio

Com ajuda de vaca, polícia soluciona crime na Bahia

Com ajuda de vaca, polícia soluciona crime na Bahia

Animal foi visto roçando a pata em um monte de terra e acabou apontando local onde estava o corpo de uma vítima de latrocínio

Autores confessos da morte do agrimensor Miguel Mário Oliveira dos Santos, de 48 anos, assassinado a facadas, em dezembro de 2017, na zona rural de Aurelino Leal, distante 375 quilômetros de Salvador, Venício da Silva dos Santos, de 18 anos, e Reinan Oliveira da Silva, 20, foram presos, na quarta-feira (9).

Segundo reportagem do Correio da Bahia, o corpo da vítima foi descoberto após uma vaca ser vista roçando a pata em um monte de terra debaixo de um cajueiro. “Achamos estranha a atitude do animal e começamos a escavar”, disse o delegado Lane Andrade, em entrevista ao jornal baiano.

O delegado Lane Andrade informou ainda que a dupla, inicialmente, alegou ter matado Miguel por ele ter impedido os dois de utilizarem o sinal de wi-fi da propriedade rural onde a vítima trabalhava como gerente. Um adolescente de 16 anos também participou do crime.

No entanto, as investigações revelaram que Venício e Reinan executaram a vítima para roubar uma motocicleta. “Além da versão relacionada ao uso da internet, o trio também apresentou outra versão alegando que Miguel os teria impedido de participar de uma partida de futebol e por isso resolveram matá-lo”, esclareceu o delegado.

Indiciados por latrocínio, Venício e Reinam estavam com as prisões preventivas decretadas pela Justiça quando foram capturados, na tarde da última quarta (9). A dupla ficará custodiada na carceragem da unidade policial, enquanto o adolescente está sendo procurado.

Editor

maio 12th, 2018

No comments

Comments are closed.