Após descobrir gravidez, homem tortura e obrigada companheira a cavar própria cova

Notícia

Após descobrir gravidez, homem tortura e obrigada companheira a cavar própria cova

Após descobrir gravidez, homem tortura e obrigada companheira a cavar própria cova

Após uma denúncia anônima, um homem de 25 anos foi preso na noite desta terça-feira (4) suspeito de torturar a própria companheira de 29 anos no Sítio Barricada, na Zona Rural de Bonito, no Agreste de Pernambuco. A vítima ainda foi obrigada cavar a própria cova.

Ainda segundo a polícia, as agressões começaram depois que ele descobriu que a companheira estava grávida.

A Polícia Militar foi até a casa do suspeito onde foi constatado que o mesmo estava arquitetando a morte da companheira e, segundo relatos, estaria utilizando uma bengala de motocicleta e pedaços de madeira para espancar a vítima. Além disso, no local, também foram encontradas duas armas de fogo e várias peças de motos roubadas.

O sargento Josélio Cordeiro disse que a sepultura foi cavada no quintal de casa. “Ela cavou a cova, depois ele desistiu de executar, mas disse que iria matar e que iria dar continuidade a intenção dele de executar a vítima. Ele iria enterrar ali na casa dele”, contou.

Autuado 

O suspeito foi autuado pela polícia por lesão corporal, ameaça, porte ilegal de arma de fogo e cárcere privado.

Editor

setembro 6th, 2018

No comments

Comments are closed.