Chuva equivalente a 15 dias deixa rastro de morte e caos no Grande Recife

Sem categoria

Chuva equivalente a 15 dias deixa rastro de morte e caos no Grande Recife

Chuva equivalente a 15 dias deixa rastro de morte e caos no Grande Recife

As fortes chuvas que caíram nesta quinta-feira (13) na Região Metropolitana do Recife causaram dois desabamentos em áreas de encostas nos municípios de Jaboatão dos Guararapes e de Camaragibe. Duas pessoas acabaram morrendo, em cada uma das cidades e mais de 10 pessoas ficaram feridas. Além disso, o temporal que atingiu parte do Estado deixou um rastro de transtornos. Houve vários pontos de alagamentos, como na Avenida Doutor José Rufino, Zona Oeste do Recife, na Avenida Sul, que liga a Zona Sul ao Centro do Recife, e na Avenida Cruz Cabugá. Segundo a Apac informou, em entrevista à Globo, os mais de 186 milímetros de chuva que caíram até o início da noite equivaleram ao que era previsto para chover em aproximadamente 15 dias.

Jaboatão dos Guararapes

Uma adolescente de 17 anos morreu e outras quatro pessoas da mesma família ficaram feridas após um desabamento de uma residência em área de encosta no bairro de Monte Verde, Jaboatão dos Guararapes, Zona Sul do Recife.

De acordo com a Defesa Civil de Jaboatão dos Guararapes, ainda não há confirmação da identidade da vítima fatal. O órgão informou que até o momento foram registrados cinco deslizamentos em área de encosta.

Camaragibe

Um deslizamento de barreira, no início da tarde desta quinta-feira (13), atingiu duas casas e segundo a Defesa Civil de Camaragibe uma pessoa morreu e outros sete estão soterrados, no Bairro dos Estados, em Camaragibe, Região Metropolitana do Recife.

Equipes do Samu e Corpo de Bombeiros estão no local prestando socorro aos feridos, além da Defesa Civil da cidade. O imóvel fica localizados na Rua Bom Jesus. De acordo com a Defesa Civil de Pernambuco (Codecipe), seis pessoas ficaram sob os escombros, sendo cinco crianças.

Editor

junho 15th, 2019

No comments

Comments are closed.